É birrento? Se irrita por pouco? Reclama por qualquer coisa? Junte-se a nós!

Tuesday, January 15, 2008

Cantadas

Ah… nada como estar em qualquer lugar e ouvir aquela “chupada de ar para dentro”, como se o cabra estivesse estrebuchando ou com “aquela” dor de dentes... HUMPT. Gente, cantadas são horríveis. Sempre...

Certo dia, vi um amigo meu mexer com uma mulher na rua.

E a criatura:

- Que chuchu!

Sem se dar por vencido, ao sentir o desprezo merecido da mulher, complementou:

- Pena que está podre...

Ah, se f*der...

Comigo aconteceu algumas vezes. Não sou do tipo “delícia”, mas toda panela tem sua tampa, certo? Hehehe

Numa delas achei que fosse apanhar. Estava com uma blusa decotada. E, como sou uma mulher de peito, chamei a atenção de um meliante no ponto de ônibus. Só que o descarado falou um bom e sonoro GOSTOSA... daí, eu, idiotamente, retruquei meio que murmurando: “Ah se liga...”

MEUDEUSDOCÉU: o indivíduo começou a urrar: “vagabunda, piranha... safada...” entre outros “elogios”. Eu, logicamente, sai correndo. Que medo desse povo!

Enfim, para terminar, relato a cantada mais “criativa” que levei:
Estava no metrô lotado. Neste dia, de saia, meia fina, blusa comportadíssima... estava chique, se é que podemos definir assim. A porta abriu em uma estação e um senhorzinho de bengala, sem dentes, corcundinha da silva, entrou e deu de cara comigo. Poderia ter ficado quieto, procurado um lugar pra sentar. Mas o “pobre” resolveu tirar as minhas medidas com os olhos e soltar um “gostosa, hein?”

Eu, peçonha educada que sou, respondi:

- O Senhor tem idade para ser meu avó!

E ele:

- É mesmo... mas já inventaram o Viagra.

Eu tive vontade de acompanhar as outras 20 pessoas próximas na risada. Mas me fiz de morta e, assim que a porta abriu na outra estação, fui rir no outro vagão hehehehe

Beijocas,

Bobie Salles.

Labels:

8 Comments:

Anonymous Filipe said...

Certa vez estava no onibus aki em Niteroi quando entrou uma loiraça escultural. Na hora de passar na roleta, tinha uns playboyzinhos fazendo uma algazarra enorme.Quando viram a loira entrando, um que parecia ser o cabeça da gangue soltou essa pérola: - Te chupo toda!!
E a loira impassível, pagou a passagem olhou pro carinha e respondeu pra todo mundo do onibus ouvir: - Por acaso eu tenho cara de caralho???
Bobie, vc tem noção do que é o ônubus todo rir e zoar o "malandro"? Ele desceu no ponto seguinte.Foi lindo!!!
um beijo pra vc!

6:14 AM

 
Blogger Jessica said...

hahahahaha ai Felipe, adorei essa! A vingança que todas as mulheres queriam.
E Bobie, achei o velhinho simpático! Pelo menos ele se propôs a fazer algo que muitos homens se esquecem hoje em dia. É ou não é???? hahahaha.
(acho que esse comentário pode gerar rebuliços)
Adoro...

Rebuliços, claro!

1:30 PM

 
Blogger Jessica said...

iiii me confundi toda!!
A proposta que me referi foi da história do amigo Felipe...

1:33 PM

 
Blogger Bobie Salles said...

Hahahahaha!
Muito boa filipe!
E Jé, relaxe com o comentário hehehehe

6:58 PM

 
Anonymous filipe said...

É Jessica...hoje em dia os homens não estaum se propondo a muita coisa naum...vai lá, dá umazinha e vaza....tsc tsc....

2:14 AM

 
Blogger Carina Furlanetto said...

ahuaauh
Odeioo cantadas. Mas eu finjo que não escutei e continuo andando

Adorei o blog! Vou favoritar
bjos

8:18 AM

 
Anonymous Anonymous said...

Bobie, tudo bem?

Carol, da Burson, namorada do Vini... eu vi seu post no blog da Cat e acabei entrando aqui pra ver. Hilária essa história do metrô e desse felipe tb!

bjs e se cuida

11:50 AM

 
Blogger - Elis - said...

Eu não sirvo pra levar cantadas. Uma vez eu estava tomando coca com canudinho no metrô e um homem, antes de descer, disse alguma besteira feia. Saí do trem e alcancei o cara na escada rolante lotada. Ele não tinha pra onde fugir e eu joguei TODA a coca-cola na cabeça dele, até não sobrar uma gota. Ele tentava fugir na escada e não conseguia. Quando cheguei lá em cima gritei: "se estou na rua, apanho uma pedra e detono na sua cabeça". Ele ficou apavorado.
Uma outra vez um cara passou a mão em mim no ônibus e eu, num acesso de raiva, berrei pro motorista parar o ônibus que um tarado ia descer. Ele não queria sair, então chutei as costas dele quando o ônibus parou. As pessoas do ônibus ficaram comentando que eu era maloqueira... hehe!

7:33 AM

 

Post a Comment

<< Home